Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quinta-feira, 18 de julho de 2024

Papiro de 1.600 anos localizado em biblioteca alemã mostra imagem de Jesus divergente e descrita como herética e inautêntica

Quinta 04/07/24 - 7h20

Manuscrito de 1.600 anos, conhecido como "Evangelho de Pseudo-Tomé", foi descoberto em biblioteca alemã, revelando versão da infância de Jesus Cristo diferente da tradicional.

O texto apócrifo descreve um jovem Jesus com comportamentos inesperados, incluindo explosões de raiva e atos milagrosos de formulação interpretada como vingativa.

O manuscrito foi encontrado por papirologistas da Universidade Humboldt de Berlim.

Embora a descoberta seja significativa, ela não altera os entendimentos estabelecidos sobre os Evangelhos.

O "Evangelho de Pseudo-Tomé", conhecido por estudiosos, sempre foi considerado inautêntico e herético pela Igreja.

O fragmento encontrado é datado entre os séculos 4º e 5º, tornando-se a versão mais antiga conhecida do texto.

Apesar de não mudar a percepção teológica sobre Jesus, especialistas dizem que a descoberta contribui para a compreensão histórica dos textos apócrifos e das tradições da infância de Cristo.

***


✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais