Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - segunda-feira, 22 de abril de 2024

Trio acusado de matar PM e sua filha tinha o costume de assaltar a mesma farmácia a cada 2 semanas

Quarta 28/02/24 - 7h02

A Polícia Civil identificou o trio responsável do assassinato de um policial militar e sua filha em frente a uma farmácia em São Paulo.

O mesmo grupo havia realizado roubos anteriores no estabelecimento, agindo em intervalos regulares de duas semanas.

Um dos suspeitos se entregou à polícia, enquanto os outros dois estão sendo procurados.

O suspeito detido foi encontrado sob a influência de drogas e álcool desde o dia do crime, com intervenção da família para sua entrega à polícia.

O delegado afirmou que o crime é caracterizado como latrocínio, devido à intenção dos criminosos de cometerem roubo, seguido pela morte do policial e de sua filha durante a ação.

A esposa do policial destacou a força e a preparação do marido como policial militar, e disse que ele a ensinou como agir em momentos como o que ocorreu de madrugada, na porta da farmácia.

A família - marido, mãe e filha - parou na farmácia para comprar medicação para a filha, que estava doente, com gastrite nervosa.

Quando os criminosos tentaram invadir a farmácia, o policial trocou tiros com eles, enquanto sua esposa se protegia dentro da loja.

Anderson era cabo da 3ª Companhia do 7° Batalhão de Polícia Militar e dirigia com a esposa um terreiro de Umbanda na Zona Norte da cidade, além de ser ativo em causas sociais.

***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais